Páginas

Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Um Só

Me afogo aqui agora nesse coração

Que palpita por você

Grita e só eu ouço

E só eu sofro

Mas eu te amo

E esse sofrimento é bom

E é o amor

E isso é tão lindo!

Lábios que se tocam

Almas que se completam

Sorrisos que se encontram

Corações que saltitam de felicidade ou saudade

Calor enorme vindo de sol interior recém-constituído

Eternidade eterna

É o que espero viver

Ver na natureza seu rosto em todos os lugares

Sonhar que nosso sonho é por nós sonhado

Essas coisas que ninguém explica

Te dedico toda a minha vida

Todo o eu

Me sacrifico nessa vida

Vida minha é o amor a você

Nada mais

Nunca o nunca mais

Sempre te amarei

E você é meu mais tenro prazer

O mais refinado

E de todas as verdade, a única real é que és o único

Meu amor

Vamos nos afogar um no outro

Fazer o que duas outras pessoas jamais fizeram

Chegar onde se duvida que alguém mais chegou

Apenas chore por mim uma vez

Apenas me beije uma vez

Apenas sonhe conosco uma noite

Se emocione só hoje com minha presença

E isto será por toda a via

Par ao amor não há retorno

Sem portas, janelas ou frestas

Apesar da hermeticidade

O amor entra

Nada o pára

Nada os destrói

Sem você, porém

Ele sofre querendo só te sentir

Só estar perto de você

E eu sofro com ele

Eu e ele somos um

Ele e você são um

Então apenas por hoje, por agora

Não me deixe

Não nos deixe

Não se deixe.

Deixe-se amar

E então seremos nós mesmos

Felizes...

Amando.

2 comentários:

  1. Putz!!! Nem tenho o q falar...
    Só q é a coisa mais íntima q jah ouvi...
    e sincera tb, tudo parece q sái mesmo do âmago do seu ser...
    Parabéns PJ!!

    ResponderExcluir
  2. Esse eu me surpreendi quando li esses dias pra trás. Eu escrevi ele para uma pessoa. Esses dias eu decidi ler todos os que eu já escrevi pra ver se tinha mais algum que valia a pena, e esse me deixou boquiaberto, mal acreditei que eu que tinha escrito. Esses momentos acontecem às vezes.

    ResponderExcluir